window.advanced_ads_ready=function(e,a){a=a||"complete";var d=function(e){return"interactive"===a?"loading"!==e:"complete"===e};d(document.readyState)?e():document.addEventListener("readystatechange",(function(a){d(a.target.readyState)&&e()}),{once:"interactive"===a})},window.advanced_ads_ready_queue=window.advanced_ads_ready_queue||[];

sambafoot

sambafoot - negócio fechado com a Sauber

sambafoot - negócio fechado com a Sauber

Marca alemã vai disputar categoria com equipe e motor próprio em 2026. Trabalhos para Audi na Fórmula 1 já começaram

A Audi anuncia confirmou oficialmente nesta quarta (26) a parceria com a escuderia Sauber para sua entrada na modalidade máxima no automobilismo. Os trabalhos já começaram para que a marca das quatro argolas faça sua estréia em 2026. Para as temporadas 2023 a 2025, a Sauber continuará com a Alfa Romeo e motores Ferrari.

marca das quatro argolas O projeto será conduzido nas instalações da Audi Sport em Neuburg, perto de Ingolstadt, ao sul da Alemanha, onde o time de experts da companhia desenvolverá o novíssimo motor feito especialmente para a competição. Esta é a primeira vez em mais de uma década que uma motorização da Fórmula 1 será construída na Alemanha. Além disso, a Audi planeja ainda adquirir uma participação no Grupo Sauber.

LEIA TAMBÉM:
Audi A3 Hatch 2002 e 2022 lado a lado: 20 anos de evolução
Andamos no novo Audi Q3 Sportback

Quando enfim começar a era da Audi na Fórmula 1, não só as cores e identidade visual da marca serão aplicadas. O motor também será próprio da marca desenvolvido no Motorsport Competence Center da Audi em Neuburg, Alemanha. Será a primeira vez em dez anos que uma unidade de força da Fórmula 1 será construída na Alemanha.

O monoposto, por sua vez, será desenvolvido e fabricado pela Sauber em sua sede, na cidade de Hinwil, na Suíça. A Sauber também será responsável pelo planejamento e execução das operações da corrida. “Estamos muito satisfeitos por termos conquistado um parceiro tão experiente e competente para nosso ambicioso projeto de Fórmula 1”, afirma Oliver Hoffmann, membro do Conselho de Desenvolvimento Técnico da AUDI AG.

A Audi Sport já tem Mais de 120 funcionários já estão trabalhando no projeto. Para 2023, a empresa já quer ter todas as instalações de Neuburg operacionais. Os primeiros testes com a unidade de potência desenvolvida para os regulamentos de 2026 em um carro de teste de Fórmula 1 estão planejados para 2025.

A Audi na Fórmula 1 chega num momento de mudança. Para 2026, a modalidade pretende ampliar sua sustentabilidade. As unidades de potência serão híbridas, aliando um elétrico e à combustão com potência acima de 550 cv. E os motores turbo de 1,6 litro vão usar um combustível sintético sustentável que é neutro em CO² (de acordo com os padrões da União Europeia). A Fórmula 1 também estabeleceu o objetivo de ser neutra em CO² como uma série de corridas até 2030.

DEIXE SEU COMENTÁRIO
Thiago Ventura

Thiago Ventura

Com 15 anos de experiência na imprensa e dedicado ao jornalismo automotivo desde 2011, Thiago Ventura tem passagens pelo portal Vrum, Portal Uai, jornal Estado de Minas, TV Alterosa e DomTotal, além de colaborações com o jornal O Tempo, Autos Segredos e rádio Gospa Mira. Em 2016 fundou o Carro Esporte Clube, canal de notícias multiplafatorma com portal e redes sociais. 🙋 PARCERIAS: apartamentos-rosa.com@gmail.com

Deixe seu comentário. Sua opinião é muito importante pra nós!:

%d blogueiros gostam disto:
sambafoot Mapa do site

1234