window.advanced_ads_ready=function(e,a){a=a||"complete";var d=function(e){return"interactive"===a?"loading"!==e:"complete"===e};d(document.readyState)?e():document.addEventListener("readystatechange",(function(a){d(a.target.readyState)&&e()}),{once:"interactive"===a})},window.advanced_ads_ready_queue=window.advanced_ads_ready_queue||[];

sambafoot

sambafoot - BYD fecha acordo para assumir fábrica da Ford em Camaçari

sambafoot - BYD fecha acordo para assumir fábrica da Ford em Camaçari

Fábrica da Ford vai para mãos dos chineses, que ganham incentivos fiscais. BYD vai investir R$ 3 bilhões no projeto

Parece que a novela do destino da antiga fábrica da Ford em Camaçari, na Bahia, terá seu capítulo final. A planta, que produzia modelos como Ford Ka e EcoSport, deixa a bandeira americana e assume a bandeira chinesa. A BYD Auto vai ser a proprietária da instalação para ter produção local de automóveis e o que é melhor: eletrificados!

Segundo informações do jornalista Jorge Moraes, os chineses chegaram a um acordo para compra da fábrica. Era um detalhe que faltava, uma vez que a BYD já havia assinado protocolo de intenções com o governo da Bahia em outubro de 2022. E a meta é ter não só uma, mas três unidades fabris no estado.

O comunicado oficial da BYD ainda não foi feito. Nós procuramos a empresa, que declarou que as tratativas com a Ford ainda estão em andamento e que vai se manifestar no tempo certo. Pela apuração de Moraes, é esperado a organização de um evento, reunido executivos chineses e autoridades brasileiras no próximo abril de 2023. Os valores da venda da fábrica não foram divulgados. Certamente vão ajudar nos lucros da Ford, que estão bem altos desde que parou de produzir aqui.

O investimento da BYD na Bahia será de R$ 3 bilhões, com a promessa de gerar pelo menos 1.200 empregos diretos. No protocolo da intenções assinado com o governo estadual, a marca chinesa detalha que vai produzir chassis de ônibus e caminhões elétricos e veículos de passeio elétricos e híbridos e processar lítio e ferro fosfato.

O projeto é que todas as unidades comecem a ser implantadas a partir de junho de 2023. Duas delas devem estar concluídas em setembro de 2024, com início de operação em outubro. A terceira tem conclusão prevista para dezembro do mesmo ano, com início de operação em janeiro de 2025.

Por outro lado, a BYD vai dispor de vários incentivos fiscais até 31 de dezembro de 2032, de acordo com a legislação tributária estadual. Os benefícios baseiam-se na Lei nº 7.537/99 que institui o Programa Especial de Incentivo ao Setor Automotivo da Bahia (Proauto), e na Lei nº 7.980/2001 e Decreto n.º 8.205/2002, estaduais, que institui o Programa de Desenvolvimento Industrial e de Integração Econômica (Desenvolve).

DEIXE SEU COMENTÁRIO
Thiago Ventura

Thiago Ventura

Com 15 anos de experiência na imprensa e dedicado ao jornalismo automotivo desde 2011, Thiago Ventura tem passagens pelo portal Vrum, Portal Uai, jornal Estado de Minas, TV Alterosa e DomTotal, além de colaborações com o jornal O Tempo, Autos Segredos e rádio Gospa Mira. Em 2016 fundou o Carro Esporte Clube, canal de notícias multiplafatorma com portal e redes sociais. 🙋 PARCERIAS: apartamentos-rosa.com@gmail.com

Deixe seu comentário. Sua opinião é muito importante pra nós!:

%d blogueiros gostam disto:
sambafoot Mapa do site