window.advanced_ads_ready=function(e,a){a=a||"complete";var d=function(e){return"interactive"===a?"loading"!==e:"complete"===e};d(document.readyState)?e():document.addEventListener("readystatechange",(function(a){d(a.target.readyState)&&e()}),{once:"interactive"===a})},window.advanced_ads_ready_queue=window.advanced_ads_ready_queue||[];

sambafoot

Esse Série 8 é o bicho!

Esse Série 8 é o bicho!

 

Quando a BMW lançou o Série 8, lá em 1989, eu era criança e colecionava revistas de carros. Curtia as reportagens de um cara bigodudo e de sotaque engraçado, que viria a encontrar só uns 15 anos depois. Bom, acontece que pra mim o Série 8 era algo sobrenatural, um carro que tinha uma versão com motor V8, aqueles faróis escamoteáveis e um “bico fino” que contrastava com tudo que a BMW tinha feito, com exceção do M1.

Lembro de quando vi o primeiro Série 8 pessoalmente. Foi um 850, azul marinho, numa oficina perto de onde eu morava. Lá sempre pintavam uns carrões bacanas e “diferentes”. Recentemente, me deparei com um Série 8 num concessionário BMW. O carro estava exposto para os visitantes, assim como um Z8. Com quase 30 anos, ainda é lindo.

Agora, a BMW acaba de apresentar a nova geração do Série 8. Ela chega para ocupar a lacuna deixada pelo cupê Série 6. Na verdade, o próprio Série 6, que foi lançado no início dos anos 2000, foi projetado para substituir o primeiro Série 8.

A nova geração não se parece em nada com o pioneiro, mas herdou muito dele. Principalmente a opulência. O novo Série 8 é um carro grande. São 4,84 metros, que para um cupê 2+2 é um absurdo de tamanho. Mas não significa que o esportivo oferece acomodações de um jatinho executivo.

 

[su_slider source=”media: 14338,14337,14341,14342,14339,14343,14340,14344″ link=”image” target=”blank” title=”no” pages=”no”]

 

Muito pelo contrário! Apesar do excelente acabamento, o Série 8 é baixo, acomoda muito bem motorista e passageiro que viaja ao seu lado. Quem vai lá trás, vai na condição de carona. O imenso túnel de vendo não permite trocar de lugar. Ele é alto justamente pelo fato de o assoalho ser muito baixo. Ou seja, entrar e sair dos bancos de trás exige boa elasticidade, não tanto como num Porsche 911, mas não é tarefa para quem sofre das cadeiras.

Mas o corpanzil tem suas explicações. Como todo bom BMW que se preze, o Série 8 tem um imenso capô. Ele abriga dois motores. O primeiro é o V8 biturbo 4.4, que foi calibrado para entregar 530 cv e 76 mkgf de torque, para a versão M850i XDrive Coupe. O segundo é uma unidade seis cilindros turbodiesel 3.0 de 320 cv e 69 mkgf, que equipa a 840d XDrive Coupe. Nos dois casos, a transmissão é automática de oito marchas e o conjunto é montado em posição longitudinal. Daí a necessidade de um cofre de grandes proporções.

Ao contrário da primeira geração que tinha tração nas rodas traseiras, o novo Série 8 oferta tração integral. Ela garante uma performance exemplar, mas torna o esportivo menos indócil, sem deixar que ele rebole tanto.

Outras modernidades do cupê é seu sistema de direção elétrica que conta com esterçamento das rodas traseiras e até mesmo barras estabilizadoras ativas, que contribuem com a suspensão sob demanda.

O Série 8 evoluiu demais em relação ao carro de 1989, com um pacote de tecnologias que transporta o motorista para o paraíso ou inferno, com apenas um toque de botão. E assim como há quase 30 anos, não dá para não ficar de queixo caído por ele.

 

[su_divider]

 

Marcelo Iglesias Ramos é Jornalista e Designer Gráfico.

Está na área desde 2003, atualmente é o editor do caderno HD Auto, do jornal Hoje em Dia, de Belo Horizonte. Figura presente em todos os lançamentos, salões do automóvel e eventos da indústria automobilística. Para relaxar, tem como hobby escrever para seu blog de games, o “GameCoin” (www.gamecoin.com.br).

Contato: (31) 99245-0855

[su_divider]

DEIXE SEU COMENTÁRIO
Emilio Camanzi

Emilio Camanzi

Emilio Camanzi  é um jornalista experiente e formador de opinião, com mais de 56 anos de trabalho dedicados a área automobilística. Seu trabalho sempre foi norteado pela busca da seriedade e credibilidade da informação. Constrói suas matérias de forma técnica, imparcial e independente, com uma linguagem de fácil compreensão. https://www.instagram.com/emiliocamanzi/ 🙋 PARCERIAS: apartamentos-rosa.com@gmail.com

Deixe seu comentário. Sua opinião é muito importante pra nós!:

%d blogueiros gostam disto:
sambafoot Mapa do site