window.advanced_ads_ready=function(e,a){a=a||"complete";var d=function(e){return"interactive"===a?"loading"!==e:"complete"===e};d(document.readyState)?e():document.addEventListener("readystatechange",(function(a){d(a.target.readyState)&&e()}),{once:"interactive"===a})},window.advanced_ads_ready_queue=window.advanced_ads_ready_queue||[];

sambafoot

Ferrari P80-C: coisa que só se faz para freguês antigo

Ferrari P80-C: coisa que só se faz para freguês antigo

Quando você é um freguês frequente de uma padaria, boteco ou restaurante, é comum que o comerciante lhe conceda algumas regalias, como um tira-gosto especial, um prato que não exista no cardápio ou apenas coloque duas fatias a mais de presunto e queijo no seu misto quente. E quando você é um colecionador de modelos Ferrari, a marca também se coloca a disposição para alguns pedidos exclusivos, como um modelo exclusivo feito só para você. 
A marca acaba de apresentar a P80-C, um bólido com apenas uma unidade feita para um colecionador, que vem de uma família de colecionadores. Ao contrário dos modelos especiais de apenas uma unidade que foram parar em garagens de colecionadores como Eric Clapton, a P80-C é um carro de corridas e não um modelo de rua feito para exposições.


Construída sobre o chassi da 488 GT3, esse carro está em desenvolvimento desde 2015. Sua carroceria foi totalmente feita em fibra de carbono. De acordo com a Ferrari, seu cliente especial (daqueles que realmente ganham duas, ou mais fatias de presunto no misto) queria uma releitura dos modelos de Pista 330 P3 e 330 P4, mas que mesclasse com o Dino 206 S.
Seu desenho impressiona pela ausência de faróis, há apenas filetes de LED que atuam com luz diurna sobre a imensa bocarra, por onde o fluxo de ar é distribuído para os coletores, saída de ar frontal (que eleva o arrasto no eixo dianteiro) e também para os freios.
Na traseira não há um para-choque emoldurando a seção. Na verdade há imensos extratores de ar, assim como a tubulação do escape e uma tela que permite enxergar a ponta da transmissão. Acima disso tudo uma imensa asa que garante que esse carro se manterá grudado ao chão.


A marca não informa os números de desempenho dessa Ferrari, mas é sabido que 488 GT3 é equipada com um V8 4.5 de 600 cv e 70 mkgf de torque, com aspiração natural. No carro de corridas a transmissão é sequencial de seis marchas. 


E apesar de ter potencial para devorar pistas, dificilmente seu proprietário se atreverá a querer bater cronômetro com outro carro.
À nós, o que resta é chorar aquela fatia de queijo extra à atendente da padaria para engrossar o pão na chapa de cada dia.


E vida que segue!


Marcelo Jabulas é Jornalista e Designer Gráfico.

Está na área desde 2003, atualmente é o editor do caderno HD Auto, do jornal Hoje em Dia, de Belo Horizonte. Figura presente em todos os lançamentos, salões do automóvel e eventos da indústria automobilística.
https://www.hostpublisher.com

DEIXE SEU COMENTÁRIO
Emilio Camanzi

Emilio Camanzi

Emilio Camanzi  é um jornalista experiente e formador de opinião, com mais de 56 anos de trabalho dedicados a área automobilística. Seu trabalho sempre foi norteado pela busca da seriedade e credibilidade da informação. Constrói suas matérias de forma técnica, imparcial e independente, com uma linguagem de fácil compreensão. https://www.instagram.com/emiliocamanzi/ 🙋 PARCERIAS: apartamentos-rosa.com@gmail.com

Deixe seu comentário. Sua opinião é muito importante pra nós!:

%d blogueiros gostam disto:
sambafoot Mapa do site