window.advanced_ads_ready=function(e,a){a=a||"complete";var d=function(e){return"interactive"===a?"loading"!==e:"complete"===e};d(document.readyState)?e():document.addEventListener("readystatechange",(function(a){d(a.target.readyState)&&e()}),{once:"interactive"===a})},window.advanced_ads_ready_queue=window.advanced_ads_ready_queue||[];

sambafoot

JLR ‘mata’ Land Rover em plano de eletrificação

JLR ‘mata’ Land Rover em plano de eletrificação

Montadora inglesa vai investir 15 bilhões de euros para novos carros elétricos. JLR terá quatro marcas de produtos

A JLR inicia um audacioso plano para reinvenção da empresa com foco em eletrificação e rebranding. Chamado de “Modern Luxury”, terá como uma das estratégias “matar” a Land Rover enquanto marca valorizando outros produtos com objetivo se virar líder no segmento de carros elétricos de luxo até 2030.

O investimento para tal será na ordem de 15 bilhões de euros e inclui novos produtos, tecnologias e a arquitetura modular eletrificada (EMA). Além disso pretende tornar a planta de Halewood, no Reino Unido, totalmente elétrica para oferecer sua nova geração de SUVs.

A JLR confirmou ainda que começará a receber pedidos de clientes para o Range Rover totalmente elétrico a partir do final deste ano e lançará um modelo totalmente elétrico da família Range Rover em 2025.

“Hoje tenho o orgulho de anunciar que estamos acelerando nosso caminho de eletrificação, tornando totalmente elétrica uma de nossas fábricas no Reino Unido e nossa arquitetura de SUV de luxo de tamanho médio de próxima geração. Esse investimento nos permite oferecer nosso futuro elétrico de luxo moderno, desenvolvendo novas habilidades e reafirmando nosso compromisso de zerar as emissões líquidas de carbono até 2039”, declarou CEO da JLR, Adrian Mardell.

Enquanto a EMA agora será totalmente elétrica, a JLR continuará a usar sua arquitetura longitudinal modular flexível (MLA) para construir seus veículos Range Rover e Range Rover Sport, oferecendo opções de motor de combustão interna (ICE), híbrido e veículo elétrico a bateria (BEV). Essa abordagem dá à empresa a flexibilidade necessária para atender às necessidades dos diferentes mercados em todo o mundo, que estão caminhando em direções diversas em relação às metas de emissão zero.

JLR e suas quatro marcas: Range Rover, Defender, Discovery e Jaguar

JLR: House of Brands

Para acelerar a entrega da visão da empresa, a JLR mudará seu conceito para a abordagem House of Brands. Por sinal, perceba que até aqui utilizei JLR e não Jaguar Land Rover. É a forma que a empresa decidiu tocar seu negócio.

A JLR será então a “casa de quatro marcas”: Range Rover, Defender, Discovery e Jaguar. Essa estratégia tem como objetivo tornar-se a “criadora das marcas automotivas de luxo modernas mais desejáveis do mundo para os clientes mais exigentes”.

O primeiro dos três modelos de Jaguar alinhados com o padrão Modern Luxury será um GT de 4 portas, construído em sua própria arquitetura única, JEA, com maior potência do que qualquer modelo anterior, alcance de até 700 km e preço indicativo de £100.000.

Leia também:
Nissan Sentra 2023 chega por R$ 148 mil
Teste do Hyundai HB20 2023
Motorista com nome sujo pode perder direito de dirigir, decide STF
Caoa Hyundai anuncia 8 novos modelos para o Brasil até 2025
Kia Niro é eleito carro mundial da mulher de 2023

DEIXE SEU COMENTÁRIO
Thiago Ventura

Thiago Ventura

Com 15 anos de experiência na imprensa e dedicado ao jornalismo automotivo desde 2011, Thiago Ventura tem passagens pelo portal Vrum, Portal Uai, jornal Estado de Minas, TV Alterosa e DomTotal, além de colaborações com o jornal O Tempo, Autos Segredos e rádio Gospa Mira. Em 2016 fundou o Carro Esporte Clube, canal de notícias multiplafatorma com portal e redes sociais. 🙋 PARCERIAS: apartamentos-rosa.com@gmail.com

Deixe seu comentário. Sua opinião é muito importante pra nós!:

%d blogueiros gostam disto:
sambafoot Mapa do site