window.advanced_ads_ready=function(e,a){a=a||"complete";var d=function(e){return"interactive"===a?"loading"!==e:"complete"===e};d(document.readyState)?e():document.addEventListener("readystatechange",(function(a){d(a.target.readyState)&&e()}),{once:"interactive"===a})},window.advanced_ads_ready_queue=window.advanced_ads_ready_queue||[];

sambafoot

Mustang Shelby ganha série comemorativa aos 55 anos do GT350

Mustang Shelby ganha série comemorativa aos 55 anos do GT350

Mustang Shelby ganha série comemorativa aos 55 anos do GT350

Um Ford Mustang por si só é um carro que chama atenção, até mesmo nos Estados Unidos, onde ele é um carro trivial. Mas um Mustang Shelby é algo ainda mais chamativo, com suas listras longitudinais e a serpente no lugar do cavalo (no radiador). Mas se um GT350 ou GT500 ainda não são suficientes para te fazer exclusivo, a Shelby lança a série Signature Edition para as duas versões do pônei venenoso, com apenas 100 unidades para cada versão.

A tiragem celebra os 55 anos do GT350, de 1965. Os carros receberam novas rodas, sendo aro 19 para o GT350 e aro 20 para o GT500.

O GT350 ainda recebeu capô em fibra de carbono, novos pneus e amortecedores recalibrados. O motor segue sem alterações, mas seus 533 cv e 59,3 mkgf de torque do V8 (302) 5.2 são mais que suficientes para se destacar na multidão.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

GT500

 

Já a versão mais nervosa também ganhou pneus Michelin Sport Cup 2, kit aerodinâmico revisado, além de capô em fibra de carbono. A peça manteve as grelhas para saídas de ar e o ressalto para comportar o imenso compressor mecânico.

E debaixo dele o V8 5.2 teve seu compressor revisado para entregar absurdos 811 cv. Para dar conta da força extra, o cupê também passou por modificações na suspensão e transmissão.

Nas duas versões os bancos levam a assinatura do saudoso Carrol Shelby, assim como plaqueta numerada e um atrevido pomo do câmbio manual de seis marchas que lembra uma bola de sinuca vermelha, no GT350. Com as modificações o preço do GT350 salta para US$ 60 mil (R$ 320 mil). Ele é ainda mais barato que os R$ 355 mil cobrados pelo Mustang GT por aqui. Já o GT500 vai a US$ 83 mil (442 mil).

Este slideshow necessita de JavaScript.


Fotos:divulgação

Marcelo Jabulas é Jornalista e Designer Gráfico.
Está na área desde 2003, atualmente é o editor do caderno HD Auto, do jornal Hoje em Dia, de Belo Horizonte. Figura presente em todos os lançamentos, salões do automóvel e eventos da indústria automobilística. https://www.telcotraders.com

 

🙋 CONTATO COMERCIAL: apartamentos-rosa.com@gmail.com

 

Fique pertinho da gente:

🔸https://www.telcotraders.com
🔸https://www.telcotraders.com
🔸https://www.godsexapplepie.com
🔸https://www.hostpublisher.com

 

🚗 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE: https://www.hostpublisher.com

👪 PARTICIPE DO NOSSO CLUBE: https://www.godsexapplepie.com

📻 Também estamos na Rádio, com o ITATIAIA CARROS: 95,7 FM – 2ª e 6ª às 12h30 – reprise: 3ª e sábados às 05h50


 

DEIXE SEU COMENTÁRIO
Emilio Camanzi

Emilio Camanzi

Emilio Camanzi  é um jornalista experiente e formador de opinião, com mais de 56 anos de trabalho dedicados a área automobilística. Seu trabalho sempre foi norteado pela busca da seriedade e credibilidade da informação. Constrói suas matérias de forma técnica, imparcial e independente, com uma linguagem de fácil compreensão. https://www.phpfusion-lt.com 🙋 PARCERIAS: apartamentos-rosa.com@gmail.com

Deixe seu comentário. Sua opinião é muito importante pra nós!:

%d blogueiros gostam disto:
sambafoot Mapa do site