window.advanced_ads_ready=function(e,a){a=a||"complete";var d=function(e){return"interactive"===a?"loading"!==e:"complete"===e};d(document.readyState)?e():document.addEventListener("readystatechange",(function(a){d(a.target.readyState)&&e()}),{once:"interactive"===a})},window.advanced_ads_ready_queue=window.advanced_ads_ready_queue||[];

sambafoot

sambafoot - novas marcas chinesas confirmadas para 2024

sambafoot - novas marcas chinesas confirmadas para 2024
Omoda C5: modelo cotado para ser lançado no Brasil

Sem a Caoa no negócio, Chery chega ao Brasil com suas marcas Omoda | Jaecoo. Carros chineses serão híbridos e elétricos

Agora é oficial: as marcas chinesas Omoda e Jaecoo desembarcam no Brasil em 2024. E com um detalhe importante: sem a participação do Grupo Caoa!. Elas são submarcas da Chery International, montadora que tem negócios por aqui com a empresa brasileira. Para driblar isso, elas vão atuar em operação conjunta sob a denominação Omoda | Jaecoo.

O anúncio foi feito nesta segunda, em informação que já havíamos contado para você que segue o Carros com Camanzi. De acordo com o CEO da Omoda | Jaecoo, Mr. Shawn Xu, o Brasil é um parceiro estratégico vital para a expansão global.

A programação para 2024 inclui o lançamento de três novos modelos, cada um disponível em diferentes versões, incluindo motores híbrido leve, híbrido plug-in e 100% elétrico. Os modelos de marcas de luxo e off-road da Chry apostam em design e tecnologia para conquistar os clientes.

A chegada de novas marcas chinesas coincide com o retorno do Imposto de Importação para veículos híbridos e elétricos. Contudo, o custo extra não vai assustar a Omoda | Jaecoo. “O recente anúncio do governo brasileiro sobre a volta do imposto de importação para veículos eletrificados, em janeiro de 2024, não impacta a chegada da Omoda | Jaecoo ao país. A empresa reafirma seu compromisso em comercializar veículos no Brasil a partir do próximo ano”, afirma.

O perfil das marcas Omoda | Jaecoo

As marcas abriram bases de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) em mercados como China, Europa e EUA, com objetivo de alcançar qualidade internacional. Até o final de 2024, a Omoda almeja atingir mais de 30 países, enquanto a Jaecoo estreará em mais de 10, o que sugere uma abordagem agressiva no cenário automotivo global.

A Omoda tem perfil de cliente mais jovem, oferecendo carros com design avançado e tecnologia futurista. O nome “Omoda” reflete o compromisso da empresa em estabelecer um novo padrão de design global com tecnologia avançada.

O Omoda C5, o primeiro lançamentono Brasil, oferecerá uma versão elétrica com 225cv de potência, 34kgfm de torque e uma bateria de 61kwh, proporcionando uma autonomia de 450km. Além disso, a versão terá um motor 1.6 turbo flex de 149cv.

Já a Jaecoo, posicionada como uma marca off-road, mas com pegada urbana. Seus têm tração nas quatro rodas, com recursos de segurança e tecnologias inteligentes. A Chery, ops, quer dizer Jaecoo afirma ter feito parceria com desenvolvedores do Reino Unido e Alemanha para “estabelecer um novo padrão para SUVs urbanos todo terreno”.

A Jaecoo revelou o J7 de cinco lugares e o J8 com capacidade para até 7 pessoas. Contudo, a versão final de produção não foi divulgada. Certamente contarão com propulsores híbridos plug-in.

Mais conteúdo:

DEIXE SEU COMENTÁRIO
Thiago Ventura

Thiago Ventura

Com 15 anos de experiência na imprensa e dedicado ao jornalismo automotivo desde 2011, Thiago Ventura tem passagens pelo portal Vrum, Portal Uai, jornal Estado de Minas, TV Alterosa e DomTotal, além de colaborações com o jornal O Tempo, Autos Segredos e rádio Gospa Mira. Em 2016 fundou o Carro Esporte Clube, canal de notícias multiplafatorma com portal e redes sociais. 🙋 PARCERIAS: apartamentos-rosa.com@gmail.com

Deixe seu comentário. Sua opinião é muito importante pra nós!:

%d blogueiros gostam disto:
sambafoot Mapa do site