window.advanced_ads_ready=function(e,a){a=a||"complete";var d=function(e){return"interactive"===a?"loading"!==e:"complete"===e};d(document.readyState)?e():document.addEventListener("readystatechange",(function(a){d(a.target.readyState)&&e()}),{once:"interactive"===a})},window.advanced_ads_ready_queue=window.advanced_ads_ready_queue||[];

sambafoot

sambafoot - Volkswagen revela sedã elétrico ID.7 na CES 2023

sambafoot - Volkswagen revela sedã elétrico ID.7 na CES 2023

Marca exibe nos Estados Unidos seu primeiro sedã 100% elétrico. Volkswagen ID.7 tem até 700 km de autonomia e promete tirar vendas da Tesla

Após a Kombi, chegou a vez de mais um clássico da Volkswagen ganhar uma nova encarnação 100% elétrica. É que a marca está expandindo sua família de veículos elétricos, que inclui o ID.3, ID.4, ID.Buzz, ID.5, ID.6 e agora o ID.7. Este último modelo foi apresentado pela primeira vez na CES, a maior feira de tecnologia do mundo, e está prestes a iniciar a produção.

O ID.7 é um sedã que pode ser visto como o sucessor elétrico do famoso Passat, sendo colocado no topo da linha de veículos elétricos da Volkswagen. Ele é até mais longo que o Passat que foi vendido no Brasil, que mede 4,76 metros de comprimento. O ID.7 tem 4,94 metros, ficando próximo do tamanho do Porsche Taycan.

Leia ainda:
Porsche 718 Cayman GT4 RS chega ao mercado nacional
Porsche Panamera 4S Turbo vira carro funerário

A estratégia da GM para impulsionar carros elétricos

O comprimento entre-eixos do ID.7 é de 2,97 metros, o que é até mais do que o Arteon, que tem 2,84 metros e é conhecido por oferecer muito espaço. O design externo do ID.7 ainda não foi revelado, mas deve ser bastante semelhante ao protótipo ID.Aero, apresentado em junho de 2022.

De acordo com a imprensa internacional, o sedã será concorrente do Tesla Model 3 em termos de tamanho, embora tenha um porte semelhante ao Model S.

Para esconder alguns detalhes do design do ID.7, a marca alemã aplicou uma “camuflagem digital” na carroceria do veículo. Esta camuflagem consiste em adesivos que podem ser iluminados com cores diferentes e poderão ser utilizados como uma espécie de pintura inteligente no futuro. De acordo com a fabricante, são 40 camadas e 22 partes que podem ser controladas remotamente.



Segundo a VW, o ID.7 terá cerca de 700 km de autonomia no ciclo de testes WLTP usado na Europa. Em comparação, o ID.4 possui 500 km de autonomia com baterias de 77 kWh, que devem ser as mesmas que equiparão o ID.7. O ID.7 utiliza a plataforma modular MEB, que já é utilizada em outros modelos elétricos da Volkswagen. No entanto, o veículo apresenta algumas novidades, especialmente no interior. A central multimídia possui uma tela de 15 polegadas flutuante e o head-up display tem realidade aumentada.

O ID.7 também possui um sistema de ar-condicionado com saídas controladas automaticamente para otimizar a mudança de temperatura. Além disso, de acordo com a Volkswagen, o veículo possui um sistema que mede a temperatura externa e inicia a adaptação da cabine quando o motorista se aproxima do carro. A Volkswagen planeja revelar a versão de produção em série no segundo semestre deste ano e iniciar as vendas na China, seguidas pela Europa e Estados Unidos. Não há previsão de lançamento do ID.7 no Brasil.

DEIXE SEU COMENTÁRIO
Thiago Ventura

Thiago Ventura

Com 15 anos de experiência na imprensa e dedicado ao jornalismo automotivo desde 2011, Thiago Ventura tem passagens pelo portal Vrum, Portal Uai, jornal Estado de Minas, TV Alterosa e DomTotal, além de colaborações com o jornal O Tempo, Autos Segredos e rádio Gospa Mira. Em 2016 fundou o Carro Esporte Clube, canal de notícias multiplafatorma com portal e redes sociais. 🙋 PARCERIAS: apartamentos-rosa.com@gmail.com

Deixe seu comentário. Sua opinião é muito importante pra nós!:

%d blogueiros gostam disto:
sambafoot Mapa do site